sexta-feira, 18 de março de 2016

Tudo começou com a Regina Casé...

Dia desses resolvi a assistir o tal filme tão premiado: Que horas ela volta ? Pois bem, a principio apenas  por curiosidade, queria ver a atuação (alias, maravilhosa) da Regina em um drama.
Vamos então ao resuminho :


Val é a empregada de uma família de classe media, a muitos anos, e é tratada quase como um membro da família. Para vir trabalhar em São Paulo ela precisou deixar a filha para trás. Mas tudo começa a mudar quando a filha Jessica decidi prestar vestibular para uma universidade em São Paulo, e precisa se hospedar na casa dos patrões da mãe.

E todo o filme gira em torno da vinda de Jessica para São Paulo, e toda a reviravolta que ela causa na vida da família.
Jessica é simplesmente uma girl power, ela é uma das personagens mais esclarecida e consciente do seu espaço e lugar, misturando essa curiosidade da juventude e uma certa ousadia.
Confesso que por muitas vezes durante o filme, as situações não me causaram estranheza, e eu realmente pensei que Jessica estava passando de todos os limites. Mas é interessante observar como as coisas se tornam tão corriqueiras, e não conseguimos, ou criamos um bloqueio, para entendermos que talvez tal situação não esta assim tão certa.


E o Que horas ela volta?  me levou então a outro filme Casa Grande, esse de uma perspectiva diferente, e com alguns atores já conhecidos, e uma grande revelação Thales Cavalcanti como Jean.



Um casal de classe media começa a enfrentar problemas financeiros, que os levam aos poucos a falência. Porem  decidem manter a situação em segredo. E para isso é preciso cortar alguns gastos.

É um filme  faz uma critica a sociedade, principalmente a vida de aparências, a super proteção dos pais, e trata  também de temas como o preconceito e cotas universitárias.E apesar de não ser um filme adolescente, ele tem uma pegada jovem bem legal, o que torna o entendimento do filme mais fácil, e também faz com que possamos nos identificar.
Eu me vi muitas vezes como Jean, e acredito que em vários momentos todos podem se identificar com o personagem, no sentindo de em algum momento durante nossa vida, nos encontramos fechados dentro de uma bolha, e desconhecemos o que esta alem de nossa realidade.

6 comentários:

  1. Oii Bia, que bom que está voltando com o blog, também estou tentando voltar co meu kkk. Confesso que não estava muito animada com esse filme da Regina Casé mas quando o assisti me surpreendi bastante visto que é um filme que retrata a realidade de uma gente aqui no Brasil, também por ser um filme leve desses que dá pra assistir com a família e tal, bom eu não gostava muito das atitudes da Jéssica porém algumas vezes parecia o certo, já que a Val era considerada da família ne...enfim "Que horas ela volta ?" é um filme bom mesmo :) Esse outro filme "Casa grande" eu não conheço, mas vou procurá-lo nem podia imaginar que o Thales já havia feito um filme.
    Beijos :-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, assiste Casa Grande, a atuação do Thales nesse filme é totalmente diferente dele em malhação. Foi o primeiro trabalho do Thales, e tem tudo a ver com a realidade que ele vivia tambem. Muito bom!

      Excluir
  2. Oi Beatriz,tudo bem?
    Que bom que voltou com o blog,estou mega feliz que você e a Isa voltaram! Ai gente sabe que muitas pessoas que conheci quando comecei a blogar pararam? Fico muito contente que estão vindo a tona de novo,seja muito bem vinda!
    Sobre esse filme tem tudo a ver com a história da minha família,eu ainda não assisti,mas já me identifico porque a minha vó era empregada doméstica,foi adotada por um casal espanhol e era tratada como "da família" mas comia na cozinha,entende? Chego até ficar emocionada,porque é uma coisa que me comove,mas quero muito assistir para ver o que rola mesmo na história.
    Bjx
    vinteanoos.blogspot.com
    facebook.com/vinteanoos
    eu tenho canal no youtube,se quiser me visitar!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou feliz de estar de volta tambem, Carol!Espero que dessa vez eu consiga seguir com o blog.
      Esse filme retrata muito da realidade brasileira! por isso é uma historia tão real e emocionante.

      Excluir
  3. Eu ainda não assisti Que Horas Ela Volta, mas tenho muita vontade, li críticas muito boas a respeito do filme.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  4. Esse filme é maravilhoso ♥
    Beijos!
    ---
    http://cordeiogurte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir